terça-feira, 22 de abril de 2014

DDA. (DIA DA AMIZADE) EM IPECAETÁ

No último semana do mês de julho acontecerá o I TLC da Paróquia de Ipecaetá, para que este encontro se realize a equipe  do TLC realizará  dois encontros preparatórios, O DDA (dia da amizade)  e o DDE )dia do encontro.
O DDA acontecerá o  no dia 25 de  maio  na cidade de Ipecaetá, no Centro Cultural e a equipe espera contar com um bom número  de jovens.
Quem poderá participar do encontro ? Todos os  jovens que desejarem e que já tenha participado do Crisma.
A equipe espera contar com  os filhos e ter  o apoio dos pais.

Aniversário do Brasil

O que  se pode dá de presente ao Brasil?  Hoje é seu aniversárioiversário.
Há  22 de abril de 1500, nascia o Brasil, exatamente no Estado da Bahia, uma caravela de  mais de 1500 homens  chegava  por aqui.
Não  se entende por que não se comemora este aniversário. Será porque não se tem presente parta se dá ao aniversariante.

Ultimamente a coisa está feia neste país descoberto por Cabral.
Antigamente todos os dias, aqui no Brasil, era de  de Índio, hoje são  tão poucos que só resta para eles o dia 19 de abril.
O Brasil precisa  de seu presente, da sua força, precisamos levantar a auto estima, afinal somos bons em quase tudo que participamos.
É verdade, uma pessoa daqui fêz o avião, tivemos aqui pessoas como Castro Alves , Ruy Barbosa, Irmã Dulce, Teotônio Vilela  e tantos outros.
Que presente podemos dá ao Brasil?
Talvez  praticando a verdade em todas as nossas  ações e ensinando este caminho as novas gerações.
Desta forma estaremos alegrando o Brasil e construindo um mundo melhor

segunda-feira, 21 de abril de 2014

O Municipio que está sumindo

 
 
 
Maetinga, no centro-sul baiano, foi o município que mais perdeu proporcionalmente a população, segundo levantamento feito pelo G1 com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No censo de 2000, a cidade, que foi criada em 1985, aparece com 13,7 mil pessoas. Já em 2013, o número caiu para 5,9 mil - queda de 56,4%. Das 5.570 cidades do Brasil, 1.178 viram suas populações encolherem entre 2000 e 2013. (Foto: Povoado Serra de José Francisco - Maetinga)C   
 

 
 
 

'Tenho apreço por Otto, mas meu adversário é a Eliana Calmon', diz Geddel sobre senado



'Tenho apreço por Otto, mas meu adversário é a Eliana Calmon', diz Geddel sobre senado
Foto: Carol Prado | Bahia Notícias
Ser no senado a voz da Bahia no Brasil. É com esse discurso que Geddel Vieira Lima (PMDB) apresenta-se como candidato a uma vaga como senador da República. "Acho que esse talvez seja o meu grande diferencial em relação aos outros candidatos. Não preciso aprender a caminhar no congresso nacional. Eu já vou chegar trabalhando pelo estado", disse o ex-ministro Ministro da Integração Nacional em entrevista ao Bahia Notícias. O pemedebista afirma que chegou a ser "claramente sinalizado' que seria o candidato ao governo do estado, mas que a sua candidatura acabou 'ficando inviável', o que resultou na confirmação de Paulo Souto (DEM) como nome da oposição para ser o adversário de Rui Costa (PT) na disputa da sucessão ao Palácio de Ondina. Geddel declarou que se considera favorito em relação aos seus adversários por uma vaga no senado e que, ao contrário do que poderia se imaginar, considera a ministra Eliana Calmon (PSB) uma adversária mais forte que o vice-governador Otto Alencar (PSD). "Digo com muita simplicidade que eu não vejo nada de bicho-papão na candidatura dele (Otto Alencar). A última eleição que ele disputou foi em 1998, o resto foi como candidato a vice-governador. Tenho apreço por ele, mas acho que, sinceramente, o meu adversário é a ministra Eliana Calmon". Clique aqui e confira a entrevista na íntegra.

Tiradentes, Juscelino(Brasilia) Tancredo, marcas de 21 de Abril

Hoje é dedicado a  Tiradentes, Líder da Independência Mineira, acontecida em 1792. Os Inconfidentes desejavam a Independência do Brasil.
A imagem de Tiradentes  com barba e aparência de Cristo foi construida  na época da república. O Brasil precisava de um Mártir na sua  história.
Também hoje se comemora o aniversário de Brasília construida  pelo ex presidente Juscelino para ser a  sede do Governo Federal. Brasiilia é a capital de todos os  brasileiros.
Também no dia 21 de abril aconteceu a morte da Neves Neves, presidente do Brasil

Servidores estaduais da Saúde entregarão cálculos da URV ao TJ-BA



Foto: Divulgação
Servidores estaduais da Saúde entregarão cálculos da URV ao TJ-BA Os servidores públicos da Saúde irão protestar em frente ao Fórum Ruy Barbosa às 13h desta terça-feira (22) pelo direito ao pagamento da Unidade de Real Valor (URV), pauta reivindicada por todos os trabalhadores do Estado. O Sindsaúde pretende entregar os cálculos dos valores devidos aos servidores. Os créditos foram calculados por um escritório especializado, contratado pela entidade. O sindicato cumpriu a determinação da 7ª Vara da Fazenda Pública, que no dia 21 de março notificou a entidade para apresentar a planilha com os valores. O Supremo Tribunal Federal (STF) já reconheceu o direito dos servidores do Executivo ao recebimento da URV, já assegurado aos do Judiciário e do Legislativo.

domingo, 20 de abril de 2014

Parabéns Cica!

Luciene e o esposo José Reis
Domingo à tarde,  na residência de José Reis e Luciene muitos amigos presentes, afinal é domingo de Páscoa, domingo da Ressurreição. No entanto uma outra coisa chama a atenção de todos. Luciene, a dona da  casa está completando 50 anos  e 50  não se completa todo dia..
Imagine, que Liliam que é irmã de  Luciene e Tia de Clecia saiu da Capital do  Pará, Belem, para  este aniversário, Adriana Matos, suas filhas e seu esposo vieram para comemorar os 50 anos de Luciene.também  não podia falatar a cunhada de Luciene, Jó, que irmã de José Reis  para fotografar a tudo e a a todos neste aniversário.
Lucinalva, e Lucineide  que também  é Coca parabenizam  sua irmã Luciene.

Antônio Rocha

A MORTE DE LUCIANO DO VALE

O melhor Gol da TV.  Morreu Luciano do Vale.  O esporte brasileiro com  certeza ficou mais triste com a morte deste  grande homem de comunicação.
Acredito que a missão de Luciano foi plenamente cumprida.
Uma lacuna  na comunicação fica aberta, mais com certeza  os deuses da comunicação vai nos mostrar novos narradores, 
Luciano do Vale Coordenava a equipe de esporte da Band  com certeza vai continuar andando com a mesma  eficiência de sempre.

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Eduardo Campos e Marina Silva em Feira de Santana

 

 

 
O presidente do PSB Eduardo Campos (PE), e a ex-ministra Marina Silva

O presidente do PSB Eduardo Campos (PE), e a ex-ministra Marina Silva

Com a decisão da cúpula do PSB/Rede de escolher 50 grandes e médias cidades para Campos e Marina visitarem até o inicio de julho, Feira de Santana deverá ser inclusa na lista. Os municípios eleitos foram aqueles que dispõem de emissoras de TV e rádio regionais, onde a dupla dará entrevistas para divulgar a imagem da chapa. Feira de Santana se enquadra no perfil estabelecido.

Por que não se celebra Missa na Sexta Feira Santa

A Sexta-Feira Santa, ou 'Sexta-Feira da Paixão', é a Sexta-Feira antes do Domingo de Páscoa. É a data em que os cristãos lembram o julgamento, paixão, crucificação, morte e sepultura de Jesus Cristo, através de diversos ritos religiosos.
Segundo a tradição cristã, a ressurreição de Cristo aconteceu no domingo seguinte ao dia 14 de Nisã, no calendário hebraico. A mesma tradição refere ser esse o terceiro dia desde a morte. Assim, contando a partir do domingo, e sabendo que o costume judaico, tal como o romano, contava o primeiro e o último dia, chega-se à sexta-feira como dia da morte de Cristo.
A Sexta-feira Santa é um feriado móvel que serve de referência para outras datas. É calculado como sendo a primeira Sexta-feira após a primeira lua cheia após o equinócio de outono no hemisfério sul ou o equinócio de primavera no hemisfério norte, podendo ocorrer entre 20 de março e 23 de abril.

quinta-feira, 17 de abril de 2014

É tempo de Páscoa. Mensagm do Jornal da cidade

Desde pequeno vivendo  a igreja, soube  que  Páscoa  é passagem para um  para uma vida nova. E isso significa  deixar   os erros e  reconstruir uma vida.
É uma época de  se falar de paz  buscando-a cada instante.
É época de  se pedir a Deus a saúde para  os doentes.
Que as mesas daqueles que menos podem possa  ter mais generosidade
É tempo de Páscoa,
É tempo de esperança.
Que os mentirosos,voltem a  praticar a verdade
Que o  respeito faça parte de todas  as famílias
Que a paz chegue a todos os lares....
Uma boa Páscoa para você  meu irmão
para você minha irmã.
´.

Veja quais foram as propostas que permitiram o fim da greve


  • PMs aceitaram proposta do governo e encerraram a paralisação
O fim da greve dos policiais militares da Bahia aconteceu depois de consenso sobre quatro pontos da pauta de reivindicações. Saiba quais são:

1) Aumento da Gratificação por Condições Especiais de Trabalho (CET) dos praças na proporção de 25% para as funções administrativas, 45% para as operacionais, 65% para os motoristas e Regime de Tempo Integral (RTI) para os oficiais, com atualização da lei;
2) Retirada da proposta do Código de Ética para nova discussão e rediscussão das propostas do Estatuto e Plano de Carreira. Nota conjunta das Associações dos Policias Militares do Estado da Bahia diz que elas devem ser encaminhados com urgência à Assembleia Legislativa da Bahia;
3) Revisão de processos administrativos e disciplinares referentes à mobilização de 2012. Segundo a msma nota conjunta das associações dos PMs do Estado da Bahia, objetivo é reforçar o que foi acertado naquele momento e suspender os procedimentos que apuraram as faltas administrativas que não se constituem crimes decorrentes da paralisação de 2014.
4) Regulamentação do artigo 92 do Estatuto dos Policiais Militares, depois de negociação entre Governo do Estado, Associações e PM. Esse artigo trata dos auxílios alimentação, funeral, fardamento para alunos em formação, transporte e bagagem.

COMO É TRISTE SER SERVIDOR MUNICIPAL DE IPECAETÁ, IPSI



COMO É TRISTE SER SERVIDOR MUNICIPAL DE IPECAETÁ, IPSI (Instituto de Previdência dos Servidores Públicos de Ipecaetá muitos não assumem a realidade e culpam ELCIOR,NIVALDO e AILTON Gestores apagados,retrógrados e antigos, o Primeiro que Criou o IPSI, o segundo que teve apenas 09 meses e o Terceiro é acusado de Desvio, desculpas são ditas, atualmente o IPSI, não aposenta,não assegura os direitos, não dá certidão, triste Servidores de Ipecaetá, eu Servidor Estável conforme a CF de 88, me solidarizo com os recentes concursados, A Câmara de Vereadores composta de 11 Vereadores, apenas o Vereador Ademir foi contra a um Projeto do Poder Executivo onde aumenta o tempo de estagio probatório de 24 meses, passa para 36 meses seja 03 anos, Imaginem daqui a 03 anos, o Executivo atual estará deixando o Poder ou se reelegendo, caso ele se reeleja tudo bem, dar-se a continuidade do 36 meses do estagio probatório, caso o Executivo atual não se reeleja, outro Gestor que entrar poderá considerar o estagio probatório desfasado, e este Concurso ilegal, Triste Poder Legislativo, que não se importa pelos Servidores, o que importa a eles? fica a interrogação, mais o pior de tudo isso é que o servidor aprovado no concurso Público do Gestor atual, tem que ser fiscalizado por pessoas simplesmente nomeados de cargo comissionado, seja o comissionado pode tirar o seu concurso, o comissionado são pessoa de inteira confiança do poder Executivo, imagina ele ficará em favor do concursado ou de que o nomeou, e se ele tiver um disaverso pessoal com um concursado, o certo seria ser criado uma comissão de funcionarios estaveis ou de representantes de varias entidades do Municipio de Ipecaetá de diversas camadas Sociais para fazer esta avaliação e não cargo comissionado, que são geralmente seguidores de quem os nomeiam, o Pior é que nesta Terra você fazer um comentário em defesas da sua classe trabalhista muitas da vezes é entendido como um desrespeito a gestores atuais, e são os Cargos comissionados que interferem ao gestor, dizendo que eu em Rede Social estou contra o Poder Publico, eu estou sim contra a Câmara de Vereadores, eles é que aprovaram a Lei
Parte superior do formulário

Parte inferior do formulário


Juracy Fagundes

Greve da PM chega ao fim

 

Reprodução/WhatsApp

 

 


A greve da Polícia Militar da Bahia (PMBA) encerrou na tarde desta quinta-feira (17). A categoria aprovou a negociação com o Governo do Estado e decidiu pelo fim da grave durante assembleia no Wet'n Wild.
 
A última proposta, aceita pelos policiais e Governo do Estado, foi negociada durante uma reunião na Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), na rua Carlos Gomes, que terminou por volta das 13h.
Participaram do encontro representantes do governo e das seis associações de classe que estavam unidas na mobilização, além do comandante-feral da PM, coronel Alfredo Castro. O Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, também foi convidado a participar da reunião para abençoar um possível acordo.

 

Justiça manda bloquear os bens do líder da greve de policiais militares na Bahia


Publicada em 17/04/2014 12:41:48
A pedido do Ministério Público Federal (MPF), o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), sediado em Brasília, concedeu liminar determinando a imediata paralisação da greve da Polícia Militar na Bahia, sob pena de pagamento de multa diária de 1,4 milhão de reais. Determinou, ainda, o bloqueio de bens de Marco Prisco, das associações envolvidas no movimento paredista e de seus dirigentes.

Segundo a decisão, a multa deverá ser paga pelos 14 réus da ação ajuizada pelo MPF/BA, que tiveram seus bens bloqueados: Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares no Estado da Bahia (Aspra), Associação de Praças da Polícia Militar da Bahia (APPM/BA), Associação dos Oficiais da Polícia Militar da Bahia (AOPM/BA - Força Invicta), Associação dos Oficiais Auxiliares da Polícia Militar do Estado da Bahia (AOAPM/BA), Associação dos Subtenentes, Sargentos e Oficiais da Polícia Militar Da Bahia – (ABSSO/BA), Associação dos Bombeiros Militares da Bahia (Associação Dois de Julho/Ba), Marco Prisco Caldas Machado, vereador e Diretor-Geral da Aspra/BA, Jackson da Silva Carvalho, presidente da ABSSO/BA, Agnaldo Pinto de Sousa, presidente da APPM/BA, Edmilson Tavares Santos, presidente da AOPM/BA - Força Invicta, José Alberto da Silva, diretor financeiro da AOAPM/BA, Nelzito Coelho Oliveira Filho, presidente da Associação Dois de Julho/BA, Ubiracy Vieirados Santos, presidente da AOAPM/BA e Paulo Sérgio Simões Ribeiro, diretor financeiro da AOPM/BA - Força Invicta.

A decisão, assinada na tarde de quarta-feira, 16 de abril, durante regime de plantão, foi tomada a partir de pedido urgente ajuizado por meio do Ministério Público Federal diante da deflagração da greve da PM baiana.
O bloqueio de bens visa garantir o ressarcimento dos prejuízos causados aos cofres públicos, a exemplo do uso da Força Nacional de Segurança Pública para o estado.


'Greve pode terminar hoje', afirma Marco Prisco

Daniele Rodrigues / Arquivo Metropress

Foto: Daniele Rodrigues / Arquivo Metropress

  

O presidente da Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares no Estado (Aspra), Marco Prisco, afirmou, em contato com a Rádio Metrópole na manhã desta quinta-feira (17), que a greve da Polícia Militar pode ser encerrada ainda nesta manhã. "Essa greve pode terminar hoje, daqui a uma hora, no máximo daqui a uma hora e meia. Na realidade está faltando uma pauta para ser resolvida", disse.

A greve começou na última terça-feira (15) e, segundo o governo do Estado, o impasse com a polícia é por conta de uma nova proposta da categoria que representa um aumento anual de mais de R$ 600 milhões, considerado pelo governo como um "retrocesso". O vereador Prisco disse que a contraproposta dos policiais já foi retirada da pauta. "O governo pediu uma contraproposta. Na negociação essa mesma proposta foi retirada. Não tornamos inviável [a negociação] porque na mesma mesa retiramos a proposta. Captamos a proposta do governo. Estamos indo agora para uma reunião com o comandante geral da corporação. Tendo resolvido isso, acredito que daqui à uma hora, uma hora e meia, essa greve esteja encerrada", finalizou. As informações são do Metro 1.

Greve continua; Prisco se reúne com Arcebispo Primaz e OAB

 

 

Greve continua; Prisco se reúne com Arcebispo Primaz e OAB
Foto: Tiago Melo / Bahia Notícias
O líder da Associação dos Praças, Marco Prisco falou, em assembleia na madrugada desta quinta-feira (17), que a greve da Polícia Militar continua. "O governo não cedeu, a greve continua. Nós só saimos daqui anistiados", disse. O encontro aconteceu no parque Wet'n Wild, com policiais que estão acampados desde a noite da última terça-feira. Ainda de acordo com Prisco, nesta quinta, pela manhã, ele vai se reunir com o Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, e com o Presidente da Ordem dos Advogados da Bahia (OAB-BA) Luiz Vianna, no Quartel do Comando Geral (QCG), no Campo Grande. 

28 mortes violentas confirmadas nesta quarta em Feira de Santana

 

 

por
Acorda Cidade
Publicada em 17/04/2014 07:34:04
Um total de 23 homicídios, um latrocínio e quatro autos de resistência (morte em confronto com a polícia) foram confirmados nesta quarta-feira (16), em Feira de Santana, após a deflagração da greve da Polícia Militar na Bahia. Total de 28 mortes violentas.
Entre as vítimas está o policial militar Tiago Maciel, de 35 anos, que trabalhava como fisioterapeuta no programa de Ecoterapia da corporação.
A vítima estava indo fazer um atendimento, acompanhado de uma policial militar, quando quatro homens, que estavam em um veículo Vectra preto, o reconheceram como policial e deflagraram vários tiros. Tiago Maciel ainda foi socorrido para o hospital Emec, mas já chegou ao local sem vida. 
Outra vítima de homicídio, Israel Barbosa dos Santos foi assassinado no interior de um carro na Avenida José Falcão. Segundo informações, ele estava fazendo o transporte irregular de passageiros, conhecido como Ligeirinho, em um veículo Celta, quando foi alvejado. A autoria dos disparos é desconhecida.
Um homem identificado por parentes como Carlos Alberto de Souza Filho, 29 anos, foi assassinado a tiros na manhã de hoje na Rua Hamilton Cohim, no bairro Barroquinha, em Feira de Santana. Ele era morador da Rua Cordeiro, bairro Jardim Santana.
De acordo com testemunhas, a vítima tentou assaltar um homem que estava dentro de um veículo, quando dois homens armados viram a ação e tentaram impedir o suspeito de praticar o crime. Houve troca de tiros, e o acusado foi alvejado.
Centro da cidade
Foi alvejado com vários tiros por volta de 11h desta quarta-feira (16), no cruzamento da Rua Carlos Valadares com a São José, centro da cidade, Edvan Araújo Henrique, de 25 anos. De acordo com o delegado João Rodrigo Uzzum, da Delegacia de Homicídios, há informações de que ele estava em uma moto em companhia de um comparsa.
A suspeita é de que juntos eles estavam tentando praticar assaltos, quando um homem de identidade não revelada sacou uma arma e deflagrou tiros contra os dois.
O comparsa de Edvan, que ainda não foi identificado, também foi baleado e morreu momentos depois após, mesmo ferido, seguir com o veículo em direção ao bairro Baraúna. “Tudo indica ter sido um duplo homicídio, mas vamos concluir as investigações. O segundo cadáver estava próximo e foi isolado, então vamos aguardar para poder chegar a uma conclusão definitiva”, informou o delegado.
Sobradinho
Um homem foi assassinado na Avenida de Canal, no bairro Sobradinho. Ele não portava documento de identidade e ainda não foi identificado. Não há outros detalhes sobre este crime.
Rua Nova
Foi assassinado Adinailton Carvalho dos Santos, 21 anos, que morava na Rua Menino Jesus, no Loteamento Monte Pascoal. O crime aconteceu na Rua Montes Claros, no bairro Rua Nova.  
Dois homens ainda sem identificação morreram em troca de tiros com uma guarnição do Pelotão de Cavalaria, sob o comando do tenente Sardinha. O auto de resistência (morte em confronto com a polícia) ocorreu no povoado Mantiba, distrito Matinha.

De acordo com o tenente Sardinha, a guarnição estava realizando rondas pela localidade quando avistou dois homens em atitude suspeita em um veículo Gol preto. Ao perceberem a presença da polícia, a dupla fugiu, batendo, em seguida, em uma cerca. Os suspeitos, então, correram para o matagal deflagrando tiros contra a polícia. O tenente informou ainda que enquanto ocorria a troca de tiros outros dois suspeitos chegaram por trás da viatura em uma motocicleta e também atiraram contra os pms. "A guarnição se protegeu, houve o revide e os elementos foram atingidos", contou.

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Valor de gratificação é impasse na greve da PM; entenda negociação


 

Líder grevista informa que pede 80% de reajuste e governo oferece 35%.
Estado informa que grevistas querem subsídio já com valor da gratificação.

 

O reajuste nas Condições Especiais de Trabalho (CET) é o principal ponto de divergência entre policiais grevistas e governo do estado, que tentam negociar a finalização do movimento iniciado na Bahia, há um dia, nesta quarta-feira (16), segundo informa Marco Prisco, vereador filiado pelo PSDB que lidera o movimento.
"A questão remuneratória o governo não avançou. Queremos 90% para motorista e 80% para os policiais. Pode ter uma variação nisso sim. Agora é com o governo", diz. Prisco participa de nova reunião, na noite desta quarta-feira, com deputados estaduais, na Assembleia Legislativa e, em seguida, aconcete um encontro com o governador Jaques Wagner, na sede da Governadoria. O líder grevista informa que a categoria está aberta para acordo ainda nesta noite.
O governo explica que a CET é uma gratificação que atualmente vigora para oficiais e que os grevistas pedem que se estenda a todos do efetivo policial, informa o diretor de comunicação da PM, Gilson Santiago, que responde pelo governo. "Eles querem também que todo o reajuste que seja concedido aos policiais também seja concedido aos policiais inativos", explica.
Pauta ' (Foto: Henrique Mendes/G1)Pauta apresentada pelos grevistas à PM
(Foto: Henrique Mendes/G1)
Em relação à CET, o governo concordou em fazer alterações em reunião que antecedeu assembleia na terça-feira. Ficou acertado reajuste de 25% no valor da remuneração de policiais do administrativo; de 17% para 35% no valor para quem recebia reajuste; e os motoristas, que tinham 35%, ficarão com 60%. O código de ética e dos processos disciplinares, outros dois quesitos reinvindicados, também seriam revisados.
De acordo com Santiago, os grevistas pedem que o pagamento da Gratificação da Atividade Policial 5 (GAP-5), negociada em duas parcelas na greve de 2012, seja paga de forma integral e imediata, a partir do próximo vencimento. "Na realidade, o comando de greve quer um padrão remuneratório diferente do que temos hoje. Eles querem um subsídio, que faria com que todos ganhassem igualmente, soldados e oficiais. O soldado, na regra atual, na composição do subsídio, tem as gratificações. Eles querem que o subsídio seja implantado imediatamente e não esperar até novembro, março ou abril de 2015, como foi acordado".
Ele explica que a GAP-5 vai ser paga em duas partes, uma em novembro e outra em março ou abril de 2015. "Isso já foi objeto de negociação de 2012 e eles querem discutir isso novamente, só que com outro padrão. Eles já querem que seja paga essa GAP-5 no próximo mês e de uma vez só", ressalta.
Outros pontos da pauta de negociação apresentadas pelos grevistas são o aumento do auxílio alimentação para R$ 500 e 'anistia' a todos os participantes deste e do movimento de 2012, entre outros como a revisão do código de ética.
O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) declarou a ilegalidade da greve. De acordo com a decisão do desembargador Roberto Frank, os policiais militares devem retornar ao trabalho imediatamente. Caso os policiais não retornem ao trabalho, será aplicada multa diária de R$ 50 mil.
Lojas, bancos e shopping fecharam as portas em Salvador e a população, em geral, tem evitado sair às ruas.
Motivação 'eleitoreira'
O governador Jaques Wagner disse, na tarde desta quarta-feira, que não teve contato com a contraproposta dos policiais grevistas e que ainda não há previsão de finalização da greve de policiais militares. Wagner afirmou que a população pode sair às ruas e avalia o movimento de paralisação como eleitoreiro. Para ele, os grevistas não estão acostumados com a abertura de diálogo e estão "apostando no caos para assustar a sociedade e o governo". "Essa greve é ilegal, inconstitucional e unilateral. Nos últimos sete anos e meio, a PM acumulou ganho real de 60%".
Reforço na segurança
O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, informa que as tropas federais deslocadas à Bahia vão ser distribuídas em diversos municípios. Feira de Santana, Vitória da Conquista e Juazeiro, além de Salvador, também vivem mobilização da categoria. Cardozo aponta que as tropas são compostas por policiais militares, civis, bombeiros e peritos
“As reivindicações podem ser legítimas, podem ser justas. Agora, quando elas se colocam contra a sociedade, contra o interesse público, trazendo insegurança e um clima social perverso, não podem ser tidas como legítimas. (...) O Estado brasileiro não aceita que situações desse tipo se coloquem. A sociedade não pode aceitar que pessoas remuneradas pelos cofres públicos ajam dessa maneira”, completou.
A presidente Dilma autorizou o emprego das Forças Armadas na segurança pública por conta da diminuição do efetivo de PM nas cidades. Militares do Exército já são vistos nas ruas de Salvador. A PM informou que 85 viaturas, com 202 policiais, estão em atividade.
A previsão é a de que seis mil militares do Exército lotado na Bahia atuem no reforço, junto a cerca de três mil deslocados do Recife e de São Paulo, com mais três mil da Força Nacional. 
Greve de 2012
Marco Prisco foi o líder do movimento grevista de 2012, que durou 12 dias. Ele foi preso depois de um cerco do prédio da Assembleia Legislativa, onde os policiais acamparam, pelas tropas federais. No total, foram 12 mandados de prisão expedidos, motivados por conversas gravadas, reveladas pelo Jornal Nacional, que mostraram acertos para realização de ações de vandalismo em Salvador. No período, o aumento no número de homicídios foi de mais de 100%. Na ocasião, eles pediam o pagamento da Gratificação da Atividade Militar (GAP) 4 e a 5, além da não punição administrativa. Em outubro, Prisco foi o quarto vereador mais votado na capital baiana, eleito pelo PSDB.
Comando grevista da PM baiana apresenta propostas para o coronel Alfredo Castro (Foto: Henrique Mendes/G1)Comando grevista da PM apresenta propostas para o coronel Alfredo Castro no início da tarde desta quarta
(Foto: Henrique Mendes/G1)

JOSÉ BASTOS DE SANTANA - (Justa Homenagem)

 

 

Foto: JOSÉ BASTOS DE SANTANA. Muitas vezes as pessoas só são homenageadas depois que morrem; isso deixa a nos entender que não somos merecedores de homenagens. Contrário, pois, a esse princípio, quero homenagear, hoje, em vida, um grande líder do passado e grande homem do presente: José Bastos de Santana.
a extrema pobreza espiritual seria capaz de desconhecer o enorme prazer de ser grato. Este meu escrito” é, também, um testemunho pessoal: É miséria morrer de fome nas favelas. Mas é miséria, também, deixar o espírito morrer à míngua da honestidade de proclamar o que há de grande e belo nas ações humanas.
Nenhum povo tem a consciência de seu destino e a certeza do seu valor se ignora seu passado”. - A História de Santo Estevão não pode parar no tempo, se abstendo de juízos valorativos de seus filhos ilustres. Longe de mim, pois, a pretensão de acrescentar novos subsídios a nossa história. O que busco com meu escrito, é tão somente romper o silêncio e propor justa homenagem a um santestevense do quilate de José Bastos de Santana. Um socialista sacerdotal.
José Bastos foi um líder de visão capaz de associar a lógica e a intuição. Soube unir mentes e corações num processo de liderança apaixonante e levar a paixão para uma realidade de vida na comunidade de Santo Estevão. Ele nasceu líder; contudo não se furtou de aprender, mais ainda, com o povo, sobretudo com os mais jovens, a fazer política de excelência...
José Bastos nunca se deixou trair pela vaidade excessiva; é um líder popular, que nunca se permitiu inclinar para o populismo, que é a vistosa máscara da demagogia. Sempre pautou suas palavras com verdade, evitando sempre falar em público aquilo que poderia trazer-lhe desconforto na intimidade.
O líder não precisa, necessariamente, ser culto, mas deverá ser sábio e mirar-se sempre em exemplos de homens vencedores... Zé Bastos é um político crítico do mundo; perspicaz e observador, com base na realidade que o rodeia. Não foi buscar esse estilo de liderança política em nenhuma Escola Superior; conquistou ao longo dos tempos, a partir de uma trajetória de realizações, marcada pela retidão moral e ética. Sempre foi um homem político em pleno sentido, com ênfase na vida prática. Por maior que fosse a sua tormenta, tinha serenidade sempre; jamais renunciou ao equilíbrio, a sensatez, a justiça e retidão para com os companheiros...
Renunciou do seu projeto político nos anos 70, para dar preferência a um jovem, pelo alcance dos benefícios que causaria ao mundo moderno... Com fé numa revolução mágica da juventude, escolheu o jovem Advogado, Almir Fonseca, para candidato a Prefeito, se opondo aos mandatários da época, que representavam a oligarquia ditatorial da contracultura e a falsa percepção de progresso cultural político...
Bastos era um vanguardista que acreditava na juventude como a força mais sutil do mundo e buscava nos jovens, valores representativos. Suas reuniões eram democráticas e dialogais; nunca deixou a individualidade triunfar sobre a coletividade. Tinha uma percepção sutil do que é justo e um profundo respeito aos princípios. Sabia compartilhar razões e fundamentos; mantinha respeito para com as idéias dos outros e sabia harmonizar as palavras, os sentimentos e as ações.
der da oposição, Presidente do MDB, serviu a política com gosto. Ele representou um momento da história de Santo Estevão que muitos desconhecem. Não abdicou dos seus princípios, sobretudo éticos. Não abdicou das suas pretensões de transformação da sociedade para melhor. Defendia que as alianças tinham que ser pautadas de tal maneira a não comprometer o objetivo do processo, tampouco colocar em risco os princípios ideológicos socialista.
Ele foi protagonista da transformação; o precursor da mudança social-política de Santo Estevão. Com o seu beneplácito, tornaram-se políticos: Almir, Renato, Antenor, Fonseca, Claudiosé, José Sobral, Gaguinho, Antonio de Pua e muitos outros. Com o seu apoio, foram eleitos quatro vereadores pelo MDB: Nelly Lobo, Chiquinho, Cazuza e Julinho.
Enquanto outros chefes políticos apoiavam Deputados, raposasvelhas da política, José Bastos, no ano de 1978, hipotecou o seu incondicional apoio a Luciano Ribeiro, jovem revolucionário, com pouco mais de 30 anos, para Deputado Estadual, e alcançou com louvor, a posição de mais votado no município, ostentando a rara sensibilidade de perceber o quanto um gesto pode ser importante para uma juventude.
Aos 93 anos, Zé Bastos viu de tudo; no passado ouviu o Rádio noticiar: “Getúlio suicidou-se”; “Jânio renunciou” “Os bons tempos de Juscelino Kubitscheke, como num pesadelo, a população festejando a vitória da ditadura, com velas acesas e rosários nas mãos, contrastando com a política atual, dessa mistura de atraso e modernização configurando-se em política de sujas alianças.
Bastos é virtuoso. A sua virtude maior é a generosidade. Tem uma disposição congênita para fazer o bem e importar-se com os outros. É sublime a sua benevolência e vontade de fazer deste, um mundo melhor para os que lhe são caros. É um ser humano que tem sentimento e bom coração. É um permanente cavalheiro; um mestre na arte do bem receber; um anfitrião impecável.
Tive o privilégio de conviver e poder contar com sua amizade magnânima. Homenageá-lo, é mais que um dever; é minha obrigação. Faço-o com veneração e respeito. Ele está no panteão da nossa história pela grandeza das suas qualidades.
Que o Cristo Jesus prolongue os seus dias aqui na terra com saúde e paz.

Obrigado pela sua amizade, velho guerreiro!!!

Por Manuel Lobo

JUSTIÇA CONSIDERA ILEGAL A GREVE D A PM

Deu na TV.
A greve d a  PM é ilegal e  segundo o mesmo programa os policiais terão que voltar ao trabalho o mais  rápido possível , caso não faça poderão sofrer punições. Até o presente a PM  não se pronunciou a respeito da informação.

O lava-pés

SOLENIDADE DO LAVA PÉS

 

A quaresma é tempo de fazer "caminho" com Jesus, para chegar à Ressurreição. Fazer caminho significa conversão e seguimento. A quaresma sempre nos propõe a olhar os gestos de Jesus e para uma verdadeira conversão.

O que significa converter-se num mundo que nos propõe todas as facilidades para viver globalmente o individualismo?

Jesus ao percorrer o caminho da cruz não pensa nele, nas suas dores, mas nas dores de tantos crucificados como Ele, que buscam a Ressurreição. A cruz é sinal de conversão, mudança, transformação para a conquista de mais vida.

Páscoa é passar de uma vida centrada sobre nos mesmos, sobre o nosso egoísmo, para uma vida solidária com os muitos irmãos marginalizados em nossa sociedade. Portanto, o anúncio cristão não pára na cruz. No meio de nós está presente Jesus, o Ressuscitado, o Deus vivo. Antes de tomar o caminho da cruz, Jesus nos apresenta uma proposta de vida, que é um programa de conversão: o lava-pés. O lava-pés traduz toda a vida de Jesus: o amor. "Ele, que tinha amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim" (Jo 13, 1) ou seja até as últimas conseqüências do gesto de amar, isto é, até a cruz: "Tudo está realizado" (Jo 19,30).

Vamos acompanhar os gestos praticados por Jesus no lava-pés (Jo 13, 4-11). Este aconteceu numa refeição. Estar ao redor de uma mesa é sentar-se e partilhar as alegrias, as angústias, as emoções..., também algo para comer.

- Jesus levantou-se da mesa. Ele nos diz que é preciso sair do nosso egoísmo, mobilizar-se, ir ao encontro dos outros.

- Tirou o manto. Jesus se esvazia de si mesmo e coloca-se na condição de servo. Ele nos ensina sobre a necessidade de despojar-se de tudo o que divide, dos fechamentos, das barreiras, dos medos, das inseguranças, que nos bloqueiam na prática do bem.

- Pegou uma toalha e amarrou-a na cintura. Jesus põe o avental para servir. "Aquele que era de condição divina, humilhou-se a si mesmo" (Fl 2, 6-8). Ele nos propõe o uso do avental do servir na disponibilidade, e na generosidade, e ainda do comprometer-se com os mais necessitados e colocar-se em último lugar.

- Colocou água na bacia. Jesus usa instrumentos da cultura do povo: água e bacia. Repete um gesto que era feito pelos escravos ou pelas mulheres. Ele quer nos dizer que para anunciar sua proposta é preciso entender, conhecer, assumir o que o povo vive, sofre, sonha...

- E começou a lavar os pés dos discípulos. Para lavar os pés Jesus se inclina, olha, percebe e acolhe a reação de cada discípulo. Com o lavar os pés, Jesus nos compromete a acolher os outros com alegria, sem discriminações, a escutar com paciência, a partilhar os nossos dons...

- Enxugando com a toalha que tinha na cintura. Jesus enxuga os pés calejados, rudes e descalços de seus discípulos. São muitos os gestos que Jesus nos convida a praticar para amenizar os calos das dores de tantos irmãos: visita a doentes e idosos, organizar-se para atender crianças de rua, uma palavra de ânimo a aidéticos, valorização de nossos irmãos indígenas...

Diante da prática de Jesus podemos nos perguntar:
Quais os gestos concretos que nós como cristãos/ãs e catequistas, vamos assumir? Será que esta Páscoa pode ser igual a outras tantas?

Queremos ser a Igreja do avental, que se coloca a serviço na defesa dos que mais sofrem, dos que não têm defesa. Vamos com coragem vestir o avental do servir na alegria e testemunhar todos os gestos praticados por Jesus. Só assim poderemos realizar sempre a festa da Ressurreição. Feliz Páscoa!

Ir. Marlene Bertoldi
www.portalcatolico.org.br