quarta-feira, 26 de junho de 2013

Feliz o país que o povo pode se manifestar, pois nele mora a democracia.

O povo está indo as ruas, e isto é muito bom, é grande o grau de insatisfação das pessoas. Em quase todos os segmentos as pessoas estão insatisfeitas.
A gota d água pode ter sido  o aumento  das passagens, porém  cada pessoa tem uma razão de protestar. É a educação, é a saúde, é o meio ambiente, é a falta de emprego, é o salário.
Estes motivos levam o povo a protestar, a ir as ruas, a se incomodar.
O povo não está feliz, as famílias não estão felizes.
Hoje tem jogo da seleção brasileira, o povo torce até para o Brasil, mas também vai as ruas para  mostrar ao  mundo que precisamos melhorar.
Vai  acontecer mais uma manifestação , hoje em Feira de Santana, e as pessoas esperam  que seja mais uma vez uma manifestação  sem violência.
Feliz o país   que o povo pode se manifestar, pois nele mora a democracia.

terça-feira, 25 de junho de 2013

Pressionados por protestos, deputados arquivam PEC 37 por ampla maioria


Pressionados por protestos, deputados arquivam PEC 37 por ampla maioria.


Do UOL, em São Paulo
  • Luis Macedo/Câmara dos Deputados
    Deputados da bancada do PSDB mostram cartazes contrários à PEC 37 em sessão de votação nesta terça-feira (25), em Brasília
    Deputados da bancada do PSDB mostram cartazes contrários à PEC 37 em sessão de votação nesta terça-feira (25), em Brasília
Os deputados federais derrubaram na noite desta terça-feira (25), em decisão quase unânime, o Projeto de Emenda Constitucional número 37/2011, conhecido como PEC 37, de autoria do deputado federal e delegado Lourival Mendes (PT do B-MA). A matéria era uma das propostas polêmicas em tramitação no Congresso Nacional que estavam na mira de protestos na onda de manifestações pelo Brasil.
Ao todo, foram 430 votos pela derrubada da PEC, contra nove favoráveis à proposta e duas abstenções.
Conhecida também como "PEC da Impunidade", a medida retiraria o poder de investigação dos MPEs (Ministérios Públicos estaduais) e do MPU (Ministério Público da União). Bancadas inteiras de partidos como PT, PPS, PTB, PSDB e PSDB votaram pela rejeição da PEC.
A votação foi acompanhada por promotores de Justiça presentes às galerias da Câmara com gritos de "rejeita!" aos parlamentares.
Durante os debates relativos à votação da PEC, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), destacou que a proposta foi pautada em plenário por acordo fechado entre todos os líderes partidários. "A PEC está sendo votada por decisão unânime de todos os líderes, foi decidido por todos os líderes, que poderiam ter optado por adiar, mas decidiram votar esta noite e assim está acontecendo", declarou.
A manifestação foi uma resposta ao líder do PSOL, deputado Ivan Valente (SP), que havia dito anteriormente que "a maioria dos deputados era a favor da PEC, tanto que ela foi aprovada [em sua admissibilidade] pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania" e que havia sido o "clamor das ruas" que fez com que o tema fosse pautado pelo Plenário. Ele anunciou que os três deputados do partido votarão contra a PEC.
O líder do DEM, deputado Ronaldo Caiado (GO), argumentou na mesma linha do presidente e disse que todos os líderes partidários foram "sensíveis à argumentação" e puderam "ponderar com suas bancadas, mostrar a necessidade da rejeição da PEC, sem ter que crucificar quem quer que seja, sem ter que denegrir a trajetória de nenhum parlamentar

Jogadores espanhóis são barrados com prostitutas em hotel e causam confusão






a
  • Pedro Ivo Almeida/UOL
    Hotel que serve de concentração para Espanha em Fortaleza foi palco de confusão na última segunda
    Hotel que serve de concentração para Espanha em Fortaleza foi palco de confusão na última segunda
Apesar das convincentes vitórias e do posto de melhor seleção do mundo, não está nada tranquila a vida da Espanha nos bastidores da Copa das Confederações. Após ver jogadores envolvidos em um polêmico caso de furto dentro do hotel que estavam hospedados no Recife, a delegação da Fúria protagonizou outro incidente durante a passagem no Brasil, desta vez em Fortaleza.
Na madrugada da última segunda-feira, após se divertirem em uma casa noturna da capital cearense para comemorar a vitória sobre a Nigéria, alguns jogadores espanhóis causaram uma confusão no hotel que serve de concentração para a delegação na cidade, incomodando até mesmo outros hóspedes que estavam no local.
UOL Esporte ouviu diversas pessoas que presenciaram a cena - entre funcionários, seguranças e comerciantes locais - e apurou que, por volta de 4h, um jogador da Espanha chegou ao local com cerca de dez prostitutas que ofereciam seus serviços nas praias da região e tentou subir com as mulheres para os andares que abrigam a delegação. Prontamente, recepcionistas e seguranças informaram que isso não seria possível, revoltando o atleta.
Inconformado, ele entrou em contato com alguns companheiros, que desceram e iniciaram o tumulto. Alterados, eles não aceitavam que teriam que deixar as mulheres do lado de fora do hotel, iniciando uma discussão com os funcionários do hotel.
Após 20 minutos de negociações, eles aceitaram subir sem as prostitutas, que foram retiradas pelos seguranças do saguão do hotel. Uma delas, porém, conseguiu driblar o bloqueio e entrar no elevador. No entanto, quando chegou ao 15º andar, um segurança que presta serviços para a Fifa na organização da Copa das Confederações barrou sua entrada


L

A FALTA DE UM NEURO CLINICO

Se torna feio, por não dizer triste, a situação do  Planserv.
Imagine que faz um mês  que estamos em Feira de santana, procurando um médico neuro clinico para  atender a uma pessoa que precisa urgentemente de um  diagnóstico.
O Planserv informa que o hospital deveria regular uma consulta  para um outro hospital ou uma outra clinica.
A cerca de oito dias foi solicitada uma transferência  para um hospital de Salvador e até agora nada.
A família precisa de uma resposta.
A paciente se encontra em um dos hospitais de Feira de Santana.

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Bebê chinês nasce com "cauda" de 10 centímetros


 

Por Luciano Ribeiro
Um menino de sete meses sofre com uma protuberância no final da coluna que cresce mais a cada semana. Xiao Wei nasceu com espinha bífida, em Guangdong, Sul da China e, segundo os médicos, não pode ter a "cauda" removida por cirurgia - pelo menos, não no momento. As informações são do site do jornal britânico Daily Mail.
Espinha bífida é uma falha na coluna que ocorre durante o desenvolvimento do feto. Segundo o jornal, Xiao Wei tem o tipo mais grave da doença, quando a medula e as membranas saem pela falha e criam um saco nas costas do bebê. A condição pode levar a uma vulnerabilidade do sistema nervoso do paciente a infecções.
Os médicos chineses afirmam que o crescimento da protuberância nas costas do bebê é causado por danos no canal medular. "Se nós cortarmos, simplesmente crescerá de novo. Nós precisamos reparar primeiro o canal medular para evitar que ocorra novamente", diz o cirurgião Huang Chuanping.
Fonte: terra

A IMPORTÂNCIA DE FAZER AS NECESSIDADES FÍSIOLÓGICAS

Hoje a tarde ouvi algo de alguém que estava internada em  um hospital. Estou a 11 dias  sem defecar. O que me chamou a atenção  é que aquela senhora estava internada e o hospital em questão é considerado um dos melhores na Bahia.
Será  que  defecar dá tanto trabalho? 
Ainda falam de evolução. Aquela  Senhora tem perdido noites com falta de ar.
Talvez a ciência não esteja se preocupando com o mais simples, ir ao Banheiro e lá fazer as suas necessidades.
Fiquei preocupado. Se nós não  somos capazes de resolver um probleminha simples  como o daquela  senhora que não consegue realizar as  suas necessidades, imaginem as coisas mais complexas.
Deixei aquele lugar por volta das 19 horas, um médico propôs uma lavagem naquela  Senhora, espero que consiga resolver

OAB,CNBB e MCCE estarão noato público de hoje


40

O

 

 

 

 

 

  

OAB, CNBB E MCCE farão ato em apoio a manifestações e lançarão anteprojeto de lei
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) farão um ato público, nesta segunda-feira (24) em apoio às reivindicações da sociedade que ecoam nas ruas desde a semana passada. Haverá o lançamento de um anteprojeto de lei de iniciativa popular, para a coleta de um milhão e meio de assinaturas, com o objetivo de obrigar o Congresso a votar imediatamente reivindicações como a reforma política que ataque a corrupção eleitoral e assegure liberdade ampla na internet; além de estimular a instalação de Comitês de Controle Social dos Gastos Públicos, inclusive sobre gastos da Copa de 2014 e sobre planilhas de tarifas de transporte coletivo. Segundo informações do Estadão, o ato também tem o objetivo de obrigar o governo a ampliar o investimento em saúde e educação, com a fixação de 10% do orçamento geral da União e do PIB destinado a cada uma dessas áreas. E, ainda, a criação urgente de um Código de Defesa dos Usuários dos Serviços Públicos. O evento será realizado no plenário da sede da OAB, em Brasília.  Os três temas principais que constarão do anteprojeto de lei de reforma política são a defesa do financiamento democrático das campanhas, do voto transparente e da liberdade de expressão na internet.

Dilma recebe MPL, prefeitos e governadores

h00

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Objetivo é firmar pacto para melhoria dos serviços públicos após protestos.
Aumento de médicos e propostas em transporte público estarão na pauta.

Renan Ramalho Do G1, em Brasília
7 comentários
A presidente Dilma Rousseff inicia a semana nesta segunda-feira (24) em reuniões com representantes do Movimento Passe Livre, que deflagrou a onda de manifestações no país nas duas últimas semanas, além de governadores e prefeitos de capitais. Os encontros refletem o pronunciamento da presidente à nação na última sexta (21), em que disse que iria receber "líderes" das manifestações e conversar com os chefes dos executivos locais.
A primeira reunião, prevista para as 14h, deve ser com integrantes do MPL, segundo informou o blog de Cristiana Lôbo neste domingo (23). Depois, às 16h, ela receberá governadores e prefeitos das capitais para discutir um "pacto" para melhoria de serviços públicos, uma das principais reivindicações levantadas na onda de protestos.
Segundo disse a presidente em cadeia a rádio e TV na sexta, no encontro com governadores e prefeitos, "o foco será: primeiro, a elaboração do Plano Nacional de Mobilidade Urbana, que privilegie o transporte coletivo; segundo, a destinação de 100% dos recursos do petróleo para a educação; terceiro, trazer de imediato milhares de médicos do exterior para ampliar o atendimento do SUS", disse

domingo, 23 de junho de 2013

Acabou o  arraia do Pato na cidade de Ipecaetá.
Dois dias de boas atrações e com uma grande participação de  pessoas da Ipecaetá  como  das cidades da  região . Foi um festa boa, um lugar novo.
A Banda Skankara abriu as atividades com um bom repertório de forró, em seguida s mneninos  de seu zé fizeram uma grande festa, além de contar com Nequinha Sanfoneiro que deu un brilho todoespeciala festa.
No último dia a festa foi Acarajé com Camarão, que fez uma bonita festa,  além destas mais duas bandas se se apresentaram, dentre elas Pepita da sanfona que também fêz um grande Show.;
A radialista Ana Nery teve também uma participaçao  no Show de Pepita do Forró.
Ao final da festa o prefeito Marcel garantiu que no próximo ano vai acontecer  o II arraiá o Pato


terça-feira, 18 de junho de 2013

Mais manifestaçõe..O povo precisa ser ouvido

São 17 h e 26 minutos, a TV Bandeirantes mostra imagem da Praça de Sé em São Paulo com o povo nas ruas.   O que é isso? deve ser uma pergunta feita por muita gente.
Será que você não conhece alguma casa que foi  roubada? ou alguém?
Evidente que todos conhecem.
 A questão a falta de agua é grande em muitas partes do Brasil......
E a questão da  saúde, é problema em todo o país.
Tudo isso faz o homem protestar, ir as e mostrar que as coisas não estão boas.
É preciso  que se dê respostas a muitas indagações.
As manifestações estão sendo  grandes porém pacíficas, no entanto ontem no Rio de Janeiro houve alguns atos diferentes.
É preciso que se ouça as ruas disse a presidente Dilma. 
O povo precisa ser ouvido.


























































































































é isso



Mulher que matou o marido disse que cansou de apanhar

Mudar o tamanho da letra: Aumentar letraDiminuir letra
Aldo Matos/Acorda Cidade

Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade

Andrea Trindade
 
Uma mulher foi presa na noite de domingo (16) acusada de matar o marido, Apolinário Marques, de 62 anos, com um golpe de faca no peito durante uma discussão, no bairro Santo Antônio dos Prazeres, em Feira de Santana.
 
De acordo com o policial civil, Nilton Andrade, coordenador do Serviço de Investigação da Delegacia de Homicídios (DH), Elisângela Reis de Jesus, 35 anos, confessou o crime durante depoimento e disse que era agredida com frequência pelo marido.

 
Segundo ela, Apolinário reclamava quando ela ingeria bebida alcoólica e a agredia com um facão. Elisângela disse que estava arrependida, mas declarou que estava cansada de apanhar. 
 
“Ele me batia muito. Ele me bateu ontem com facão e eu não aguentei mais. Peguei a faca e enfiei no peito dele”, disse durante entrevista ao repórter Aldo Matos do programa Acorda Cidade.
 
A acusada disse que quando viu o marido ensanguentado ficou muito nervosa e saiu correndo para pedir ajuda aos vizinhos. A vítima foi socorrida para o Hospital Geral Clériston Andrade, mas não resistiu. Elizângela  está presa no Conjunto Penal de Feira de Santana.


 

Vinte e nove atrações farão a festa deste ano no São João de Santo Estevão

Aqui no São João
Vinte e nove atrações farão a festa deste ano no São João de Santo Estevão entre dos dias 21 e 24 de junho.

No dia 21, Seu Maxixe se apresenta às 20h. Na sequência tem Estakazero, Rafael Falcão e Sandro D’Castro.

Dia 22 a festa começa às 19:30h com show da banda Cheiro de Chuva. Às 21h é a vez do cantor Beto Botho comandar a festa. Em seguida tem William Dicastro, Forró Kentão e Carlos Pitta.

Dia 23, os shows começam às 15h com a apresentação de Nequinha Sanfoneiro, Cheiro do Acordeon,Forró Samplay e Carlos Nobre. À noite tem José Carlos dos Teclados, Olivan Monteiro, Cangaia de Jegue, a dupla sertaneja André & Mauro e Léo Santiago.

No último dia, 24, os festejos também começam às 15h com show de Dona Flor, Forrozão Corpo Molhado, Skankara, Adriano Lima, Tinga do Acordeom, Francys dos Teclados, Xamegarte, Máquina do Forró, Márcio Leite e a cantora Beth Dias.



Segurança - Uma reunião no Gabinete do Prefeito no último dia 11 marcou a apresentação do projeto de segurança para a festa de São João em Santo Estevão.

O prefeito Orlando Santiago, o Major Samuel Melo e a Delegada de Polícia Dra. Joselita de Paula discutiram a execução do plano de segurança que vai contar com mais de 200 policiais no circuito da festa e outros em viaturas pelas ruas da cidade.

“A PM vai disponibilizar de um grande efetivo para os festejos, garantindo mais segurança para nossa população. Os bairros e comunidades rurais também serão patrulhados”, garantiu o Major Comandante da 57ª Companhia Independente de Polícia Militar.

A prefeitura também estará montando quatro elevados para dar mais visibilidade aos policiais e uma visão mais ampla da multidão. Uma base de apoio será montada no Centro Cultural para abrigar as equipes das polícias Militar e Civil, além do Conselho Tutelar.

“Vamos dispor de toda infraestutura e logística para garantir uma festa ordeira, digna do nosso povo”, frisou Alessandro Malaquias, Chefe de Gabinete do Prefeito.

Vencendo o 'crack'





Não é mais novidade ouvir em rádios, jornais, televisões, na internet, ou até mesmo no 'boca a boca', que os lares do Brasil vivem o trágico dilema de terem que conviverem com os 'malditos' efeitos das drogas. O fato não ocorre apenas com as famílias de baixa posição social, mas também com os 'ditos poderosos'.

Para refletir..
Uma certa Senhora criou a sua filha cheia de mimos e carinho, ofereceu a melhor escola e ensinou frequentar  os  melhores lugares.Infelizmente na sua quase adolescência conheceu a droga. No começo, se afirma ser por esporte  e que pararia a hora que desejasse. Puro engano!

O sexo por pelo crack...assim era a sua vida...
Começou a conhecer as pessoas mais desagradáveis possíveis.
Gravidez começou aparecer e os filhos vieram.
As vezes era utilizada para os  piores  serviços, como prêmio o crack.

O desejo de  cura começou a aparecer, as preces começaram a serem feitas.
Hoje esta jovem mãe se encontra por trás de  uma imensa parede em um centro de recuperação, esperando que ao sair de lá  uma nova vida possa  surgir.
Orar nunca é demais.....Tudo posso naquele que me me  fortalece!

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Protestos se espalham e reúnem mais de 250 mil; grupos invadem Congresso, sede do governo do Paraná e Alerj

 
 
Mais de 250 mil pessoas participaram de protestos em várias cidades de norte a sul do Brasil nesta segunda-feira (17). A onda de protestos, que nas últimas semanas tinha como foco principal a redução de tarifas do transporte coletivo, ganhou proporções maiores e passou a incluir gritos de descontentamento com várias causas diferentes. Houve registro de confrontos e violência em Belo Horizonte, no Rio de Janeiro, em Porto Alegre e em Brasília, onde manifestantes invadiram o Congresso Nacional. É a maior mobilização popular do Brasil desde os protestos pedindo o impeachment do então presidente Fernando Collor de Mello (hoje senador), em 1992.
Além do Congresso Nacional, que foi desocupado após cinco horas, grupos também invadiram a sede do governo do Paraná e a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.
As manifestações começaram, em sua maioria, de forma pacífica, mas houve agravamento da tensão no final da noite, com grupos de manifestantes partindo para ações mais radicais.
No Rio de Janeiro, houve confronto com policiais. Mais de dez pessoas ficaram feridas nos confrontos nas ruas, duas delas a tiros. Manifestantes invadiram a Assembleia Legislativa do RJ e mantiveram 20 policiais militares como reféns. Eles também estavam feridos. A Tropa de Choque da PM retomou o prédio à força. Segundo estimativas da Coppe/UFRJ, 100 mil pessoas participaram dos protestos no Rio. Policiais tentaram dispersar manifestantes com o uso de bombas de gás lacrimogêneo. Manifestantes fizeram barricadas com fogo. Houve depredação na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. Um carro foi incendiado por um grupo de manifestantes e explodiu.
Em São Paulo, manifestantes tentaram invadir a sede do governo, no Palácio dos Bandeirantes. Um portão chegou a ser quebrado no local por volta das 23h, mas a Tropa de Choque da PM impediu a entrada do grupo. Na manifestação de São Paulo, que reuniu 65 mil pessoas (segundo medição do instituto Datafolha) na zona oeste e na zona sul da cidade, por exemplo, ouviam-se gritos de ordem contra a presidente Dilma Rousseff (PT), contra o governador Geraldo Alckmin, faixas contra o uso de dinheiro público nas obras da Copa, protestos contra a PEC 37 (proposta de mudança de legislação que tira o poder de investigação do Ministério Público), contra corrupção e violência, por educação melhor e redução do custo de vida e pedindo melhores serviços públicos em geral. "O povo unido jamais será vencido", entoava um coro de milhares de manifestantes na avenida Faria Lima por volta das 20h.
 

Você acha que protestos podem levar à redução do preço da tarifa do transporte público?

Resultado parcial
Os protestos de São Paulo, em seu quinto dia, também mostraram que houve a adesão de outros setores da sociedade. Não mais apenas estudantes, ativistas e militantes políticos estavam nas ruas nesta terça, mas houve relatos de pessoas que resolveram participar do protesto atraídos pela divulgação e pelos comentários nas redes sociais. Por exemplo, houve gente que levou a família para participar dos atos em São Paulo.
Em Maceió, um adolescente de 16 anos foi atingido por um tiro durante a manifestação.
O número de participantes em todas as manifestações, que ocorreram em mais de 20 cidades, pode ser bem maior, pois em nem todas foi oficialmente divulgado o total de público.
Multidão
Em algumas cidades, o protesto foi convocado "em solidariedade" às vítimas da violência nos atos de quinta-feira passada (13) em São Paulo, quando pessoas que não participavam dos protestos e até jornalistas foram atingidos e feridos por disparos de balas de borrachas da Tropa de Choque da PM.
Veja a estimativa de participantes em algumas das cidades em que houve protestos nesta segunda:
Rio de Janeiro – 100 mil
São Paulo – 65 mil
Belo Horizonte – 30 mil
Belém – 13.000
Curitiba – 10.000
Brasília – 5.000
Salvador – 5.000
Porto Alegre – 5.000
Maceió – 2.000
Santos (SP) – 1.500

Ampliar

Dilma acompanha onda de protestos e diz que manifestações pacíficas são "legítimas"


[-] Texto [+]
BRASÍLIA, 17 Jun (Reuters) - A presidente Dilma Rousseff disse nesta segunda-feira que considera as "manifestações pacíficas legítimas", em meio à onda de protestos nas principais cidades do país.
A ministra-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência, Helena Chagas, afirmou que "a presidente considera que as manifestações pacíficas são legítimas e são próprias da democracia e que é próprio dos jovens se manifestarem". A mensagem foi transmitida pela ministra a jornalistas no Palácio do Planalto a pedido de Dilma.
A presidente reuniu-se com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, para receber um relato sobre o quadro de manifestações no país, segundo a ministra.
Os protestos, inicialmente convocados para reivindicar contra o aumento nas tarifas de ônibus, levaram dezenas de milhares de manifestantes às ruas de capitais nesta segunda-feira. Autoridades temiam embates violentos e depredações, como ocorreu na semana passada em São Paulo.
No fim de semana, manifestantes e policiais também se enfrentaram em protestos contra os gastos de recursos públicos nos preparativos para a Copa do Mundo antes das partidas pela Copa das Confederações entre Brasil e Japão, em Brasília, e México e Itália, no Rio de Janeiro.
Em Brasília, manifestantes chegaram a ocupar a área da cobertura do Congresso Nacional no início da noite desta segunda-feira, mas não chegaram ao Planalto, onde a segurança foi reforçada.
COPA DO MUNDO
A presidente também pediu que o ministro Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral) abrisse o diálogo com manifestantes, principalmente aqueles que questionam os gastos do governo federal com a Copa do Mundo de 2014.
Gilberto disse que "se é um sentimento de que a Copa não é adequada... se há esse sentimento, vamos informar qual o investimento que fizemos nos Estados em infraestrutura". 

Manifestações tomam conta do Rio de Janeiro, Brasília, São Paulo e Minas

 

 

A insatisfação com o aumento no valor da passagem levou milhares de brasileiros às ruas de São Paulo, Minas Gerais, Brasília e Rio de Janeiro. No quinto dia de protestos, a causa inicial deu lugar a outros assuntos como a Proposta de Emenda Constitucional 37, a proposta da cura gay pela bancada evangélica do Congresso Nacional, corrupção e os gastos para a construção de estádios para a Copa das Confederações e do Mundo.
>> “O que não falta é motivo para protestar”, diz manifestante
>> Tropa de Choque contém manifestantes antes de duelo no Mineirão
Por volta das 16h, milhares de manifestantes tomaram a Candelária, no Centro do Rio de Janeiro. Mais de 60 mil pessoas confirmaram a participação por meio do Facebook e os próprios internautas mapearam pontos de apoio, como sedes de consulados e embaixados, onde os policiais não poderão ingressar. Os organizadores do protesto também pedem que todas as pessoas se vistam de branco, mesmo as que não participarão da manifestação. Pelo menos 3 mil pessoas já estão nas ruas.
Milhares de manifestantes tomaram o Centro do Rio
Milhares de manifestantes tomaram o Centro do Rio
Minas Gerais
Em Minas Gerais, cerca de 1 mil manifestantes organizaram um protesto nos arredores do Estádio Mineirão pouco menos de uma hora antes da partida entre Taiti e Nigéria, que será realizada às 16h (de Brasília) desta segunda-feira, em Belo Horizonte, pela primeira rodada da Copa das Confederações. A Tropa de Choque da Polícia Militar conteve a manifestação.
Com cartazes e faixas, os manifestantes gritavam “vamos subir pro Mineirão pra pedir saúde e educação”, em protesto contra os gastos para a Copa do Mundo de 2014.
Cenas de guerra nos protestos em SP
Em São Paulo, manifestação foi pacífica
Em São Paulo, manifestação foi pacífica
A cidade de São Paulo enfrenta protestos contra o aumento na tarifa do transporte público desde o dia 6 de junho. Manifestantes e policiais entraram em confronto em diferentes ocasiões e ruas do centro se transformaram em cenários de guerra. Enquanto policiais usavam bombas e tiros de bala de borracha, manifestantes respondiam com pedras e rojões.
Durante os atos, portas de agências bancárias e estabelecimentos comerciais foram quebrados, ônibus, muros e monumentos pichados e lixeiras incendiadas. Os manifestantes alegam que reagem à repressão opressiva da polícia, que age de maneira truculenta para tentar conter ou dispersar os protestos.
Com Portal Terra





SP: Polícia Militar libera uso de vinagre em manifestações

52

 

 

Segundo Secretaria de Segurança Pública, nenhum manifestante será detido se portar vinagre nos protestos

Secretário de Segurança de São Paulo, Fernando Grella, anunciou convite ao Movimento Passe Livre, nesta segunda-feira Foto: Fernando Borges / Terra
Secretário de Segurança de São Paulo, Fernando Grella, anunciou convite ao Movimento 
 
  • Daniel Fernandes
    Direto de São Paulo


O secretário de segurança de São Paulo, Fernando Grella, e Benedito Roberto Meira, comandante geral da Polícia Militar disseram, na tarde deste domingo, que os manifestantes que estiverem portando vinagre não serão detidos pela PM. Normalmente, o vinagre é usado pelos manifestantes, e também pelos jornalistas que participam da cobertura, para diminuir a sensação de ardor nos olhos e na garganta provocado pelas bombas de gás lacrimogênio.
Eles ainda informaram que pretendem fazer uma reunião, nesta segunda, 10h, com representantes do Movimento Passe Livre (MPL), que é um dos organizadores dos protestos contra o aumento da passagem do transporte público em São Paulo. Segundo Grella, os contatos com membros do MPL serão feitos por telefone.
De acordo com o secretário, um dos objetivos deste encontro é definir um trajeto para a manifestação. A partir daí, a PM irá orientar a população para evitar o trajeto adotado pelos manifestantes, desviar o trânsito e bloquear ruas e avenidas.
"Eles (Movimento Passe Livre) não querem que se repitam os fatos da quinta-feira passada, acreditamos que chegaremos a um acordo e que não haverá a necessidade de usar o Choque (Tropa de Choque)", afirmou o secretário.
Grella não descartou que pontos importantes de São Paulo, como a avenida Paulista ou a marginal Pinheiros, sejam interditados por conta da manifestação, mas afirmou que o governo "fará suas ponderações" ao movimento, para tentar diminuir o impacto no tráfego pela cidade. "O objetivo desse encontro é reduzir o incômodo ao cidadão."
O outro objetivo do encontro, segundo o secretário, é "garantir a manifestação pacífica, sem nenhum conflito". Questionado sobre ações a serem adotadas caso os manifestantes não cumpram o acordo firmado, Grella respondeu apenas acreditar que não haverá desentendimentos.
Segundo Mayara Vivian, intergrante do Movimento Passe Livre, o movimento comparecerá à reunião, mas entende que "a decisão do trajeto do protesto cabe ao povo que vai às ruas, não à Polícia Militar e à Secretaria de Segurança Pública".
Segundo membros do MPL, o movimento não possui líderes e as decisões são tomadas em reunião. Até as 17h50, o Movimento Passe Livre não havia se pronunciado oficialmente sobre o convite. Em nota, o grupo convocou uma coletiva de imprensa para esta segunda-feira, às 9h.
PM nega relatório sobre participação de partidos políticos
O comandante da PM negou que a polícia tenha homens infiltrados entre os manifestantes, e que um relatório da inteligência da corporação tenha sido elaborado. 
Segundo reportagem publicada no jornal Folha de S. Paulo deste domingo, o serviço secreto da Polícia Militar afirma em relatórios sobre as manifestações que os grupos mais violentos não agem de maneira espontânea.
A publicação diz ainda que os documentos apontam que punks que partem para o quebra-quebra são arregimentados por militantes do Partido Socialismo e Liberdade (Psol) com o objetivo de desgastar o PT, do prefeito Fernando Haddad, e o PSDB, do governador Geraldo Alckmin.
Segundo Meira, não há nenhum relatório deste tipo, e a informação não procede. "A polícia não faz mapeamento de nenhum grupo nas manifestações", disse.
Fotógrafos protestam
Durante a coletiva, fotógrafos entregaram ao secretário de Segurança uma carta, assinada pela Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos no Estado de São Paulo (ARFOC-SP) em protesto à ação violenta da polícia na quinta-feira com profissionais da imprensa, em que pedem a apuração de possíveis excessos cometidos.
Associação entrega carta ao secretário de Segurança de São Paulo, Fernando Grella, cobrando a apuração de excessos na ação policial Foto: Fernando Borges / Terra
Associação entrega carta ao secretário de Segurança de São Paulo, Fernando Grella, cobrando a apuração de excessos na ação policial
Foto: Fernando Borges / Terra
Eles também afirmaram que se identificarão com coletes, para facilitar o reconhecimento por parte dos policiais militares durante a ação. Segundo o presidente da associação, Inácio Teixeira, detalhes sobre a identificação dos profissionais serão entregues na manhã desta segunda-feira à Secretaria de Segurança Pública do Estado.
Cenas de guerra nos protestos em SP
A cidade de São Paulo enfrenta protestos contra o aumento na tarifa do transporte público desde o dia 6 de junho. Manifestantes e policiais entraram em confronto em diferentes ocasiões e ruas do centro se transformaram em cenários de guerra. Enquanto policiais usavam bombas e tiros de bala de borracha, manifestantes respondiam com pedras e rojões.
Durante os atos, portas de agências bancárias e estabelecimentos comerciais foram quebrados, ônibus, muros e monumentos pichados e lixeiras incendiadas. Os manifestantes alegam que reagem à repressão opressiva da polícia, que age de maneira truculenta para tentar conter ou dispersar os protestos.
Segundo a administração pública, em quatro dias de manifestações mais de 250 pessoas foram presas, muitas sob acusação de depredação de patrimônio público e formação de quadrilha. No dia 13 de junho, o protesto foi marcado pela repressão e pelo abuso da ação policial. A passeata, que começou pacífica - com jovens cantando, carregando cartazes e distribuindo flores para a população -, terminou com cenas de guerra em diversas ruas do centro.
As primeiras bombas de gás lacrimogênio lançadas pela Polícia Militar na rua da Consolação deram início a uma sequência de atos violentos por parte das forças de segurança, que se espalharam até por quase até meia-noite. Enquanto os policiais atacavam com bombas e tiros de bala de borracha, os manifestantes respondiam com pedras e rojões.

CAEL ( Caatinga)em Santo Estevão

Em conversa com o  Comandante da Companhia Militar de SANTO ESTEVÃO,  fui informado que estaria sendo assinado um convênio para a instalação de uma base da CAEL(caatinga) em Santo Estevão. Após a assinatura do convênio a instalação da Companhia será quase que de imediato.
O motivo da instalação desta base  são os últimos acontecimentos, que levaram  a comunidade  a viver com medo.
Este convênio é assinado pelo Prefeito Municipal,  e as demais autoridades do governo.

Filho de vereador é executado durante cavalgada

 

 

De acordo com a delegacia do município, o fato aconteceu na zona rural, na comunidade de Água Fria.
 
 
Reprodução/Arquivo Pessoal

Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

 
 
 
Um rapaz de 23 anos foi executado com vários tiros no final da tarde deste domingo (16) em Saúde, a 363 km de Salvador, segundo informações da polícia. Marcos Santana estava participando de uma cavalgada quando homens em um carro não identificado já chegaram atirando.
 
De acordo com a delegacia do município, o fato aconteceu na zona rural, na comunidade de Água Fria, em uma estrada a cerca de 30 metros de onde mais de 2 mil pessoas participavam da tradicional cavalgada.  Marcos também estava na região para o evento.
 
Por volta das 16h30, o carro se aproximou de Marcos e alguém dentro começou a atirar. A polícia ainda não sabe quantas pessoas estavam no veículo. Baleado pelo menos 6 vezes, Marcos ainda chegou a ser socorrido pelo pai, o vereador Leônidas dos Santos (PP), para o Hospital Nossa Senhora da Saúde, na sede do município, mas a caminho o carro onde eles estavam capotou. Marcos chegou sem vida à unidade médica. 
 
Marcos trabalhava na prefeitura da cidade. Ele era casado e deixou um filho. A polícia ainda investiga o que pode ter motivado o crime. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Jacobina e passará por perícia. A polícia acredita que a armas usadas para a execução foram de grosso calibre. As informações são do Correio.

“O Brasil não pode deixar de ouvir as vozes das ruas”, diz presidente do Senado sobre protestos pelo Brasil


 

 

Renan Calheiros diz ser a favor de manifestações democráticas, desde que sem vandalismo
Renan diz ser legítimo protesto pela melhora dos serviços públicos Rodolfo Buhrer/La Imagem/Estadão Conteúdo
O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), defendeu nesta segunda-feira (17), em encontro com empresários em São Paulo, a legitimidade dos movimentos populares contra a corrupção e contra o aumento do valor das passagens do transporte público.    
Renan foi convidado para falar do papel da Casa no desenvolvimento do País em evento do Lide (Grupo de Líderes Empresariais) e foi questionado sobre a importância e o papel das manifestações que têm ocorrido em todo o território nacional, principalmente em São Paulo.  
— Há uma contestação, nestes protestos em curso, com relação à qualidade dos serviços públicos. Acho que o Brasil tem que fazer [...] leitura correta e não pode deixar de ouvir as vozes das ruas. 

Mulher mata marido, corta genitais e mantém corpo na cama por 19 dias em Nova Iguaçu


Gustavo Maia
Do UOL, no Rio
Uma mulher foi presa neste domingo (16) acusada de matar o marido a facadas, cortar seus órgãos genitais e manter seu corpo deitado na cama por 19 dias. O crime aconteceu no dia 28 de maio no bairro Ponto Chic, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.
Policiais da 58ª DP prenderam Luzinete Silva de Paula, 50 anos, depois que vizinhos sentiram um mau cheiro vindo da residência do casal e acionaram a polícia. Ela foi detida em cumprimento a um mandado de prisão preventiva pelo crime de homicídio qualificado.
Segundo a Polícia Civil, em depoimento já na delegacia, Luzinete confessou ao delegado Marcos Henrique de Oliveira que matou o marido, Antônio Joaquim Moreira de Carvalho, 78 anos, e disse ter cometido o crime por ciúmes.
O corpo de Antônio já estava em estágio avançado de decomposição.
A mulher foi apresentada pela polícia na manhã desta segunda-feira (17) na 58ª DP, que fica no bairro da Posse, em Nova Iguaçu.

domingo, 16 de junho de 2013

Márcio Brandão UM NOME FORTE NA NEUROCIRUGIÃO

 

 


Es trata de um renomado profissional da neurocirugiçai baiana, e que há anos vem refazendo histórias de várias famílias que já passaram por graves problemas de saúde. Trata-se de um nome 'forte' da neurocirurgia da Bahia e em outros países, onde já passou por diversas atividades de ajudar a salvar a  vidasdos que o procuram em busca de solução para problrmas,

Com 35 anos de neurologia, o neuro renomando Márcio Brandão já realizou operações de casos publicados, uma vez que muitos não acreditavam no retorno do paciente.

Esse vale a pena conheer!

ATENDENDO SEMPRE NA FUNDAÇÃO DE NEUROLOGIA E NEUROCIRUGIÃO DO ESTADO, ELE,
É O COORDENADOR DE TODA NEUROLOGIA E NEUROCIRUGIA DO GOVERNO DO ESTADO.

Em Santo Estevão e Ipecaetá, já tiveram vários registros de pessoas curadas plor Deus e pelas mães do Neurocirugião Dr, Márcio Btandão

Por que as "Testemunhas de Jeová "não chamam seu local de reuniões de igreja?

 

 

Veja este exemplo: Quando o apóstolo Paulo escreveu aos cristãos em Roma, ele enviou cumprimentos ao casal Áquila e Priscila, e acrescentou: “Deem lembranças à igreja que se reúne na casa deles.” (Romanos 16:5, Bíblia Fácil de Ler) Paulo não estava enviando saudações a um prédio; ele estava cumprimentando pessoas — a congregação que se reunia naquela casa. *
Desse modo, em vez de chamarmos nosso local de reuniões de igreja, nós usamos o termo “Salão do Reino”.
POR QUE “SALÃO DO REINO DAS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ”?
Veja por que esse nome é apropriado:
O prédio é um salão, ou local de reuniões.
Nós nos reunimos para adorar a Jeová, o Deus da Bíblia, e para dar testemunho sobre ele. — Salmo 83:18; Isaías 43:12.
Também nos reunimos para aprender sobre o Reino de Deus, do qual Jesus falou muitas vezes. — Mateus 6:9, 10; 24:14; Lucas 4:43.
Você está convidado a visitar um Salão do Reino perto de sua casa para ver por si mesmo como as Testemunhas de Jeová realizam suas reuniões.

Petista tenta revogar “Toque de Acolher” criado pelo ex-vereador Lulinha

 

 

 
Foto: Vereador Pablo Roberto (PT)

Foto: Vereador Pablo Roberto (PT)

 
Entrou em pauta na Câmara Municipal de Feira de Santana projeto de lei de autoria do vereador Pablo Roberto (PT) que revoga o “Toque de Acolher”, que o ex-vereador Lulinha (DEM) tanto lutou para aprovar, à base de muita discussão com a sociedade, com os então colegas da Casa e a imprensa. Se o projeto de Pablo for aprovado, é o fim do que na realidade nunca funcionou na cidade. E preparem os ouvidos, porque Lulinha vai bradar. 
Interessante seria se o vereador, ao revogar Toque de acolher apresentasse uma outra medida..

Homem é atropelado pelo próprio veículo e morre em Salvador


 

 

Acidente foi na manhã deste domingo (16); na Avenida Paralela.
Homem de 55 anos teria descido para realizar reparo em carro, disse a PM.

Do G1 BA
Comente agora
Um homem foi atropelado pelo próprio carro e morreu na manhã deste domingo (16), na Avenida Paralela, altura do bairro de São Cristóvão, em Salvador.
Segundo as informações registradas na delegacia, a vítima, de 55 anos, desceu para realizar um reparo em seu veículo, uma van, quando um carro que vinha atrás colidiu com a van, que passou por cima da vítima. O rapaz chegou a ser atendido, mas não resistiu e morreu no local, informou a polícia.
O condutor do segundo veículo também precisou de atendimento médico, segundo as informações da polícia. O estado de saúde não foi informado. O caso foi enviado à 12ª Delegacia, de Itapuã.

Mulher de 36 anos teve bebé de um rapaz de onze

l

Foto de Arquivo (foto AP)

O caso de uma mulher de 36 anos que teve um filho de um rapaz de onze anos está a gerar polémica na Nova Zelândia, porque neste país só os homens podem ser acusados de abuso sexual de menores.

O caso ocorreu em North Island, em Auckland, quando a mulher se envolveu com um colega do filho e engravidou, em abril do ano passado. Segundo o «Weekend Herald», o envolvimento entre ambos terá durado vários meses, até que o rapaz falou do caso na escola.

«Vai ficar zangado comigo», disse o rapaz ao diretor do estabelecimento de ensino, admitindo que tinha mantido relações sexuais com a mãe de um amigo «e que precisava de parar». O professor ficou «chocado» com a situação e denunciou o caso.

A criança e o bebé fruto da relação com a mulher foram depois entregues a uma instituição.

Apesar de não poder ser acusada de abuso sexual de menores, a mulher enfrenta outras acusações, que não foram especificadas.

12:12 - 16-06-2013